Inicial / Galeria de Fotos / Projeto Mulheres na Construção Civil tem aula inaugural na próxima sexta

Projeto Mulheres na Construção Civil tem aula inaugural na próxima sexta

Macapá – Com o intuito de iniciar a qualificação profissional de 100 mulheres com idade economicamente ativa e que estão sem emprego, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Amapá (SENAI/AP), a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e o Governo do Amapá (GEA) realizam a aula inaugural do Projeto Mulheres na Construção Civil.

O convênio assinado entre o SENAI/AP, o GEA – por meio da Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo (Sete) e a Sudam, tem por finalidade promover a formação intelectual, técnica e cultural de trabalhadoras para inserção e atuação no mercado da construção civil.

A aula inaugural do Projeto acontece na próxima sexta-feira, 15, a partir das 15h, no Teatro Leonor Barreto Franco – SESI. A programação conta com a palestra ministrada pelo presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), Glauco Cei, cujo tema é “Mercado de Trabalho na Construção Civil”.

As aulas do projeto acontecerão no período de 18 de agosto a 28 de novembro, para as áreas de Azulejista e Pintor de Obras, totalizando 304 horas/aula. As alunas do curso Pintor de Obras vão aprender noções de planejamento, patologias da construção, pintura decorativa e em superfície de madeira e alvenaria. O curso para Azulejista vai ensinar a assentar placas cerâmicas e a fazer revestimentos, entre outras matérias. As participantes receberão auxílio transporte, lanche diário e uniforme.

O diretor de Operações do SENAI, Adriano Cardoso, ressalta a importância de criar oportunidades de qualificação e aperfeiçoamento profissional para ocupar os novos postos de trabalho. “Há um grande número de mulheres que são arrimo de família, e é visível que seu espaço no mercado de trabalho tem crescido. Formaremos grandes pintoras e azulejistas que serão empregadas rapidamente”.

Dados

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, mais de 138 mil mulheres atuam na área, que até então era exclusivamente masculina. O número equivale a 8% do total de profissionais na construção civil. Os dados mostram que em 2011, o Amapá se destacou como um dos estados com maior índice de empregabilidade com carteira assinada, e um dos setores que mais empregou foi o da construção civil.

no images were found

ATENDIMENTO À IMPRENSA
Gerência de Comunicação Corporativa SESI/SENAI – AP

Contato: (96) 3084-8944
E-mail: imprensa@sesisenaiap.org.br

Sobre ralmeida