Inicial / Projeto desenvolvido por alunos e instrutores do SENAI Amapá auxilia na mobilidade de pessoas cegas
Projeto desenvolvido por alunos e instrutores do SENAI Amapá auxilia na mobilidade de pessoas cegas

Projeto desenvolvido por alunos e instrutores do SENAI Amapá auxilia na mobilidade de pessoas cegas

Santana – Uma iniciativa desenvolvida por alunos e instrutores da Unidade Santana do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) Amapá pretende melhorar a mobilidade de pessoas cegas. Trata-se de um semáforo adaptado com sistema que reconhece a presença do indivíduo e emite sinal sonoro para liberar a travessia na rua. Para apresentar o protótipo do projeto, docentes e a equipe pedagógica da escola reuniram-se com representantes de órgãos de trânsito do estado.

O instrutor do SENAI, Heraldo Souza, explica que no Brasil já há sinais adaptados que emitem sinal sonoro. No entanto, antes o indivíduo precisa pressionar um botão e isso não é prático, além de oferecer risco de choque elétrico. “Nem sempre uma pessoa cega conta com outro para ajudar na travessia de uma rua. Pensando nisso, desenvolvemos o sistema semafórico, que além da sinalização comum, emite uma voz programada para indicar que o sinal está aberto e que o trânsito está liberado”, detalhou o docente.

Soneval Gomes é membro da Associação de Cegos e Amblíopes do Amapá (ACAAP). Na avaliação dele, o semáforo vai beneficiar não somente as pessoas com deficiência, mas a sociedade como um todo. “O mecanismo vai auxiliar a polícia e diminuir acidentes, inclusive. Traz uma série de benefícios, principalmente em relação à segurança e independência das pessoas com deficiência. Em uma cidade toda adaptada, a deficiência praticamente desaparece, porque esse público não precisa tanto do auxílio de terceiros”, reforçou Soneval Gomes.

Para o engenheiro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AP), Marcos Silva, o projeto vem para atender as necessidades dos deficientes visuais. “O fato de não precisar acionar botão é muito vantajoso, porque inibe os possíveis acidentes com o equipamento”, pontuou. “Tudo que vem agregar e melhorar as condições de segurança das pessoas no trânsito, nos interessa”, completou o subcomandante do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual, Major Cassio Souza.

Circuito SIS

Inicialmente, o projeto foi concebido dentro do Circuito SENAI, Indústria e Sociedade (SIS), que tem como objetivo realizar ações que beneficiem a comunidade local. A equipe envolvida é formada pelos docentes Émilin Côrte, Israel Borges, Luiz de Araújo, Heraldo Souza, Alexsandro Marques, além do intérprete Caio Pedrozo e dos alunos da instituição, Taline Silva, Hemir Júnior, Christhofher Silva, Alessandra Albuquerque, Antonni Ricki, David Lima e Débora Rodrigues.

Também participaram do encontro, o representante da Superintendência Regional no Estado do Amapá do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Eduardo Porto, e o membro da ACAAP, Reticlaudio Coelho.

no images were found

ATENDIMENTO À IMPRENSA
Gerência de Comunicação Corporativa SESI/SENAI – AP
Contato: (96) 3084-8944
imprensa@sesisenaiap.org.br
instagram.com/ amapasenai
fb.com/ senaiamapa
twitter.com/ senaiamapa

Sobre GCOM